19 de jul de 2007

sobre escrever e não escrever, dádiva, sonhos escritos e traduções infantis de livros.

Está dificil escrever estes dias. Não é só a correria. Minha cabeça e meu coração também voam por outros lugares bem longe do teclado e de meus escritos. Mesmo assim, gostaria um bocado de conseguir sentar e escrever alguma coisa vez por outras nestes dias...

Mas não se pode ter tudo, e por hora prefiro as dádivas que vivo à minha escrita frenética e solitária de outrora. Tudo flui, e um dia ou outro, de um jeito ou outro, acabo voltando a escrever.

Por hora, me divirto quando posso em ler o que meus outros escritores andam pensando. A Luana Selva, por exemplo, irrita-se com as traduções de Lia Wyler para a série Harry Potter e nos lembra a todos que literatura infanto-juvenil não é literatura para débeis mentais. Antes disso, débeis mentais são aqueles que subestimam a sabedoria do infante frente a um livro.

Já a doce-amarga Patrícia Nardeli anda transformando velhos sonhos em novos escritos. Adoro tudo que ela escreve, mas sou um bocado suspeito para opinar, eu diria. =]

Enquanto isso, o Ernesto Albuquerque (o meu companheiro bukowskiano de tardes na extinta Estação 109) começou timidamente seu blogue, publicando algumas poesias. Não desista, Ernesto. Leva-se tempo para que um blogue de poesia atraia toda a atenção que gostaríamos! A sua poesia sobre a 'imortalidade' realmente me lembra de velhos tempos...

É tudo uma questão de encanto e dádiva, seja na literatura, seja na tradução, seja na vida.

Marcadores: , , , , , , , , ,

11 Comments:

Anonymous Ca said...

olá, desculpe a invasão, mas é que estava transferindo meu blog para o blogspot (atualmente ele está no uol) e não consegui manter o mesmo nome, afinal "umamenteinquieta", já existia naquele provedor... foi assim que descobri seu blog...

Você conhece o dono (a) do umamenteinquieta.blogspot.com? pelo que vi, está meio desatualizado, de modo que, caso o conheça, será que tenho como contatá-lo e quem sabe ficar com o nome do blog, já que aparentemente não está sendo usado??

nossa, fui intrusa demais?? rs!
tks!
Obrigada

7/19/2007 08:02:00 AM  
Blogger Daniel Duende said...

Olá Ca.

antes de mais nada, seja bem vida. :)

Conheço sim a dona do Uma Mente Inquieta, e pude observar que o blogue dela está parado há algum tempo. Mas ouvi rumores de que ela retomaria seu blogue em breve. Não sei, contudo, se ela usará o endereço antigo ou se migrará para um novo.

Já dei um toque nela a respeito de sua dúvida. Talvez ela apareça por aqui para dar uma posição.

Abraços do Verde.

7/19/2007 01:22:00 PM  
Anonymous Carine said...

Ola chará Ca..
Então, não uso mais o blog, ja tentei atualizá-lo mas não lembro nem do meu nome de usuário nem a senha... e o pior não coloquei o email. Talvez se mandasse um email pro blogger e pedisse pra apagar o site talvez resolva.
Abraços

7/19/2007 01:40:00 PM  
Anonymous Viktor Navorsky said...

Escrever é mesmo dificil, ainda mais sem inspiracao, com inspiracao ja eh bem dificil.. ultimamente ando bem alheio a isso.. cabeça a 1000..

=/
abraço

7/19/2007 05:15:00 PM  
Blogger Daniel Duende said...

Inspiração não tem me faltado, meu caro cara. :)

Só que eu ando priorizando vivê-la a cada momento a escrever. :D

Boa sorte para nossos escritos, de qualquer forma.

Abraços do Verde.

7/19/2007 05:46:00 PM  
Anonymous Camila said...

Olá Daniel! obrigada pela "ponte" entre eu e a Carine! e ainda, gostei do seu blog, virei sempre!

Carine, olá chará!!! volte a escrever! não tem como você mandar um e-mail pro blogspot, sei lá, tentando de algum modo reativar sua conta, lembrar a senha?? é uma pena...

Você se inspirou no livro da Dra. Kay para dar este nome? pergunto isso pois são poucas as pessoas que conheço que falam ou conhecem esse assunto...

Bem, talvez eu o mantenha no uol mesmo... mas foi legal conhecer vocês dois e quero ver logo seus textos!! rss!

Bjos Daniel e Carine!
Até mais!

7/20/2007 09:45:00 AM  
Blogger Rita Costa: " Alma de Poesia " said...

Daniel,... sei bem o que é viver uma excelente inspiração e depois achar que as palavras postas no papel não fazem jus aos momentos.
Antes isso me angustiava um pouco, lamentava cada poema não escrito, mas estou procurando não ser tão exigente sabe.
Boa decisão, pois escrever é isso mesmo: Viver, deixar fluir... sabendo que tempo faz o resto.
Até breve! Um forte abraço.

7/23/2007 01:38:00 AM  
Anonymous Luana Selva said...

Obrigada Verde, por me citar. Sei q vc é um dos fãs de literatura infanto juvenil não debil mental


=*~

7/23/2007 02:04:00 AM  
Anonymous Patricia said...

E eu sendo citada aí? oO
Ah, esse negócio de viver a inspiração faz bem. Faz mesmo.
=*

7/24/2007 08:08:00 PM  
Blogger Daniel Duende said...

Olá novamente Camila. Não há de quê, moça. Volte sempre! :)

Olá Rita. Tenho para comigo que aquilo que é vivido intensamente, com cada fibra do seu corpo e cada canto de sua alma, está sempre um passo ou um oceano além das palavras. O que podemos fazer é trançar palavras e encantos na tentativa de encantar os outros com o que o viver nos dá...
Volte sempre!

Olá Luana Vermelha e Dourada!
Sou mesmo fã da literatura (infantil ou não) que não é feita para idiotas. Posso ser, por vezes, quase um mentecapto em minha absoluta distração do mundo que me cerca. Mas sempre posso ver a virtude de uma boa história, e de um bom contar de histórias. Gosto, por exemplo, das histórias que você conta...

Abraços e beijos do Verde a vocês :D

7/25/2007 04:18:00 AM  
Blogger Daniel Duende said...

Olá meu bem. =]

Não poderia deixar de te citar, quando te leio mesmo que não escrevas nada por dias a fio. Leio novamente, insistentemente, pois há sempre mais a encontrar mesmo nas palavras já lidas e relidas.
Mas eu já disse que sou suspeito. =]

Viver a inspiração, o momento, a encantadora vastidão do momento, a intensidade do contato...
São coisas assim que fazem a vida valer a pena, e que são mães e irmãs da poesia e de toda boa história.

Viver a inspiração...
Viver o que for, junto com você, me faz bem =]
Amo-te.

:***

7/25/2007 04:22:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home