20 de fev de 2008

Memória do Fogo - Nascimentos.

Andando por entre as galerias da Rua Augusta em SP com a Patinha, finalmente achei -- assim, meio por acaso, -- a primeira parte da trilogia Memória do Fogo de Eduardo Galeano.

É a leitura de seus primeiros fragmentos (vou reproduzir alguns deles depois por aqui) que me deu novamente uma fagulha de encanto. Espero encontrar tempo, e juízo, pra mergulhar novamente no eu que estava deixando de lado.

De nada adianta que uma parte de mim voe se a outra se perde nas sombras.
Que as memórias de Galeano (e as tantas histórias e seres imaginários que me cercam) me ajudem a me reencontrar poeta em meio ao concreto dessa vida moderna.

Marcadores: , ,

2 Comments:

Blogger Patr�cia said...

Eu gosto do poeta. =*

2/27/2008 02:12:00 PM  
Blogger Daniel Duende said...

Eu também. De fato, gosto muito mais dele, e sinto muito mais falta dele, do que de todos os outros.

Um brinde ao poeta. E que os outros, que não são o poeta, saibam seu lugar e não lhe roubem seu assento na torre da minha consciência.

Dias mais poéticos virão... espero.

2/27/2008 08:29:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home