10 de jun de 2007

Tempo

O dia está passando depressa.
Minha barba está crescendo
e há tantos cigarros no cinzeiro.
Já fiz mil e trinta coisas diferentes
das duas mil e noventa que ansiava
fazer antes do dia desaparecer
por trás dos prédios e do mar.

Ser humano é ser tudo ao mesmo tempo.
mas me falta o tempo, este amigo que trai,
para ser tudo que sinto em meu ser
ao longo destas poucas vinte e quatro horas.
Ser humano é ser tudo ao mesmo tempo.
Mas o dilema é que sempre nos falta...
tempo.

Será que o grande segredo, para se ser humano
sem se partir ao meio ou enlouquecer,
seria partir ao meio o tempo, este amigo que trai,
para que possamos ser inteiros,
em um momento de cada vez?

Marcadores: ,

2 Comments:

Blogger André L. Soares said...

Bom dia! Estou dando um ‘passeio geral’ pelos blogs relacionados à literatura, principalmente poesia e prosa. Gostei muito do seu blog. Vou adicioná-lo ao meu blog, bem como favoritá-lo no ‘blogblogs’, para que possa visitá-lo mais vezes. Quando puder, visite também meu blog, no endereço: [ http://poemasdeandreluis.blogspot.com ]. Sinta-se à vontade... a casa é sua,... e, gostando,... por favor, também adicione meu blog e ao seu ‘blogblogs’, ‘techinorati’ etc. Vamos tentar ampliar a rede de intercâmbio artístico-cultural, influenciando-nos e aprendendo mutuamente. Grande abraço!

6/26/2007 06:48:00 AM  
Blogger Daniel Duende said...

Olá André.
Fico muito feliz que tenha gostado do blogue. :)
Fiz uma rápida visita ao seu, mas estou afogado em trabalho e não pude desfrutá-lo a contento. De qualquer forma, já está adicionado ao meu "tech faves". Volto lá logo que puder.

Seja sempre bem vindo por aqui.

Abraços apertados do Verde.

6/26/2007 02:24:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home