2 de mar de 2008

Prisioneiro da Colina.

Eu falei que queria magia, mas por vezes não percebo
quantas formas ela pode tomar.

Eu falei que queria tempo para escrever, mas nunca me permiti parar no silêncio da colina para fazê-lo. E então, a colina se mancomunou com o céu e me aprisionou por uma noite, fechando a estrada com lama da chuva.

O que vou fazer com esta noite, depende de mim. Espero que eu me encontre e escreva.
De qualquer forma, não dá para fechar os olhos para a mágica coincidência dos fatos.

Coisa dos Deuses...

Marcadores: , ,

1 Comments:

Blogger Dora Nascimento said...

"(...)" então o homem na sua prisão, havia se cercado entre solidão e sonhos...
Mas um dia foi encontrado, mesmo sem querer...
Havia uma presença que o levava
a sentir-se acuado, e ele queria apenas continuar livre das invasões do mundo"(...)"

- Fragmento de um conto abandonado -

3/05/2008 07:28:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home