18 de abr de 2008

Despertar (literal, desta vez)

A gripe não me permitia nada mais do que dormitar. Quando finalmente o corpo relaxou, mesmo impossibilitado de respirar direito por conta do nariz totalmente entupido, minha mente se iluminou novamente com centenas de histórias. Seria algo como o de costume, não fosse o fato de que as histórias estão mais vívidas do que o normal, e eu estou há 5 horas tentando dormir e sendo mantido acordado por Delian, Dán Loth, Lothien, Arran, Parsifal Cluracão, Rodrigo e seu outro e, obviamente, por minhas duas narinas entupidas.

Mesmo tendo que estar acordado, lépido e animado hoje à tarde, desisti de tentar dormir por agora. Não apenas não estava conseguindo, mas começou a me soar um imenso desperdício não verter ao mundo ao menos alguns fragmentos das histórias...

Lá vamos nós...

(o tom de negro absorvente da tela de meu computador, um segundo antes deste exibir a tela de login do meu perfil, tem uma mágica toda própria. é de um negrume sem descrição nem nome. se poderia morar nele, ou através dele ir parar em outro lugar. fiquei tão impressionado por ele a poucos momentos atrás que quase me esqueci minha senha...)

Marcadores: , , , , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home