21 de mar de 2009

mais um fragmento de L'th e o Cluracão...

Era uma vez um homem menino que guardou um momento dentro de uma garrafa de cerveja. Valendo-se das artes de sua velha alma, tomou o momento, as duas almas nele despidas, o sol da tarde que virava noite, e guardou tudo dentro de uma garrafa. Guardou-a em seu armário, a adorava em sua mente -- afagava-a em sua imaginação -- como se conseguisse tocar dentro dela as almas alí perdidas, morrendo pouco a pouco. Um dia ele abriu a garrafa e deixou tudo sair e se esvair no ar. Mas o dano já estava feito, e para sempre ele carregou no peito o pouco de morte que bem conhecem aqueles que amaram e partiram...

- Esta é uma história triste, L'th.
- Não. Esta é apenas uma história. Nem sempre me recordo dela como deveria.
- Você...!?
- Vamos tomar uma cerveja, cluracão.
- Humm... tá bom. Você não quer falar sobre isso...
- Já falei.
- Você paga?
- Como sempre...

Marcadores: , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home